Imprimir
Amazon ganha permissão para testar entregas com drones nos Estados Unidos

A Amazon recebeu permissão para realizar testes de entregas com drones (veículos aéreos não tripulados) nos Estados Unidos, nesta semana. A empresa tera que manter os aparelhos voando a, no máximo, 400 pes de altura e somente durante o dia. conforme determinação da Federal Aviation Administration, que regula o voo de aeronaves no pais.

Revelado no final de 2013, o projeto chamado Amazon Prime Air consiste em agilizar as entregas de produtos comprados em sua loja virtual utilizando drones com oito hélices que não precisam de pilotagem remota humana e podem carregar encomendas até 2,3 kg, como livros ou Blu-Rays.

Nesta fase do projeto, os drones precisarão ser operados por humanos que tenham brevês de pilotos. Ainda assim, isso representa progresso para a Amazon, como lembra o NYT, que ate agora era forçada a realizar testes em ambientes fechados em sua sede em Seattle. Foram necessários vários meses de lobby para que a empresa conseguisse a aprovação para colocar os drones voando pela cidade.

No anúncio do Amazon Prime Air, Jeff Bezos, CEO e fundador da empresa, disse acreditar que os drones autonomos não seriam colocados em uso pelos próximos quatro ou cinco anos, o que nos leva à previsao de que o serviço estará funcionando em 2018. Resta saber se a Amazon conseguirá a aprovação das autoridades para isso.

Fonte aqui

  voltar